run-outdoors-hiking-ss_0

Exercícios físicos: defina seus objetivos

12/03/2012

Atualmente somos bombardeados diariamente com informações sobre os benefícios da prática de atividade física regular. Está nos programas matinais de TV, nas bancas de jornal, na internet ou mesmo na pausa do cafezinho. Para muitos, fazer uma atividade física é algo que traz satisfação pelo simples fato de melhorar a saúde e a qualidade de vida. Porém, para outros, é uma batalha árdua que começa toda segunda-feira e, com sorte, durará até a quarta-feira. Mas por que é tão difícil para algumas pessoas?

Se você faz parte deste segundo grupo, não desanime. Segundo a Organização Mundial de Saúde, 70% das pessoas do mundo não pratica nenhum tipo de atividade física regular e, possivelmente, o problema está logo no começo. Na definição dos objetivos.

Todos temos sonhos em relação à atividade física. Sair do sedentarismo. Perder 8 kg. Correr uma maratona. Mas antes de realizar este sonho, devemos traçar alguns objetivos que, quando cumpridos, nos levarão até a concretização deste sonho. Objetivos reais. Metas ao alcance de nossas mãos que sejam justas com você e com suas reais condições físicas e pessoais.

Se você não pratica nenhuma atividade, não caia na armadilha de se comprometer a caminhar todos os dias na semana que vem. Comece com duas vezes. Quando conseguir, passe para três. Quando estiver completando sem sofrimento as três vezes, arrisque quatro. Parece pouco, mas recente estudo japonês, com mais de 27 mil participantes,  concluiu que pessoas que caminham com regularidade vivem mais e dependem menos de cuidados médicos ao envelhecer.

Anote seus sonhos num papel e defina os objetivos necessários para alcançá-los. Trace um plano semanal ao alcance das suas mãos e empenhe-se em fazê-lo dar certo. Não desanime se em algumas semanas as coisas não acontecerem como foram planejadas. Lembre-se que na mudança o rumo escolhido é mais importante do que a velocidade.

Certa vez, após uma partida épica de mais de quatro horas de duração, perguntaram a Roger Federer (possivelmente o maior tenista de todos os tempos) como ele fazia  para se preparar para uma partida como aquela. Se havia alguma preparação especial para batalhas longas como a que ele havia acabado de vencer. Federer respondeu que ele não jogava quatro horas, mas sim, bolinha por bolinha. Uma a uma. Lance a lance. E que, às vezes, isso levava quatro horas.

Defina suas próprias “bolinhas” e jogue uma a uma. Comprometa-se com seus objetivos um de cada vez e só pense no seguinte quando tiver cumprido o anterior. Você vai descobrir que, com disciplina e regularidade, seus resultados vão mudar. E sua vida também!

Carlos Ruhl
Personal  trainer
carlosruhl@yahoo.com.br

 

lizanka