corrida blog hoje

Qual o melhor exercício para emagrecer: musculação ou aeróbio?

30/01/2013

Qual o melhor exercício para emagrecer: musculação ou aeróbio?

 

 

 

 

 

 

 

 

Dando continuidade sobre o tema de estratégias efetivas para o emagrecimento saudável,

venho neste texto apresentar o impacto de diferentes modalidades de exercícios no processo de emagrecimento.

È importante destacar que emagrecer e perder peso não são sinônimos.

Emagrecer corresponde a uma perda efetiva de gordura corporal, podendo o peso corporal diminuir, manter ou até aumentar,

dependendo do tipo de estratégia que está sendo utilizada para alcançar este objetivo.

Perder peso equivale a uma redução do peso corporal, podendo esta perda ser de gordura, músculo, água ou outro componente.

Sendo assim, as estratégias que visam o emagrecimento não estão intimamente associadas a uma perda peso corporal.

Willis et al. (2012) estudaram o efeito do exercício aeróbio e do exercício resistido (musculação), realizados de maneira isolada ou combinada, no peso corporal e na gordura corporal de

indivíduos obesos e com sobrepeso. Participaram do estudo 119 indivíduos que foram divididos nos 3 grupos de exercícios (GI: aeróbio, GII: musculação e GIII: aeróbio + musculação),

durante 8 meses. O treinamento resistido foi realizado 3x/semana, 3 séries de 8 a 12 repetições. O treinamento aeróbio foi equivalente a ~12milhas/semana entre 65-80% VO2pico. O

exercício aeróbio foi realizado em esteira, elíptico e/ou cicloergômetro. Foram analisadas a massa corporal absoluta, massa de gordura e massa magra antes e após o período de

treinamento.

No final do estudo, os autores observaram que o GI e o GIII reduziu significativamente o peso corporal, enquanto houve aumento significativo no GII. A massa de gordura e a circunferência

de cintura (relacionada indiretamente com a quantidade de gordura visceral) também reduziram significativamente no GI e GIII, sem alterações no GII. Entretanto, a massa magra

aumentou significativamente no GII e no GIII, sem que houvesse mudança no GI nesta variável.

Baseado nestes dados é possível afirmar que a combinação do treinamento aeróbio com a musculação é a estratégia mais efetiva para melhorar a composição corporal, pois este tipo de

treinamento é eficaz para reduzir a gordura corporal e aumentar a massa magra concomitantemente, além de promover uma maior redução na circunferência de cintura, quando comparado

ao exercício aeróbio e musculação realizados isoladamente.

Desta maneira, um programa de treinamento que inclua exercícios aeróbios e musculação, embora demande mais tempo, parece ser mais efetivo para controle da composição corporal,

devido ao efeito na massa de gordura e na massa magra.

 

 

Referência:

WILLIS, L. H.; SLENTZ, C. A.; BATEMAN, L. A.; SHIELDS, A. T.; PINER, L. W.; BALES, C. W.; HOUMARD, J. W.; KRAUS, W. E.. Effects of aerobic and/or resistance training on body mass and fat mass in overweight or obese adults. J Appl Physiol  113: 1831-1837, 2012.

 

Seu corpo é o seu maior bem: cuide dele!

 

Wallace Machado

Personal Trainer

 

wallacemachado@ufrj.br

lizanka